eSocial – simplificação ou milagre da multiplicação?

Então, o eSocial acabou ou não acabou?

São duas obrigações agora? Ou uma?

Então, está todo mundo querendo saber e entender qual o caminho que será seguido com o eSocial nos próximos dias …

E a simplificação do E-Social foi discutida nesta quinta-feira (26) na Comissão de Desenvolvimento Econômico da Câmara.

E os representantes de empresários manifestaram preocupação com a possibilidade de termos dois sistemas de informação.

Segundo discussão, a Receita Federal pretende manter uma plataforma de informações sobre os trabalhadores separada do sistema e-Social.

A diretora de gestão e produtos da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, Valquíria Cruz manifestou-se.

Ela explicou que o setor empresarial teve que fazer vários investimentos para se adequar ao E-Social.

Mas que isso tudo foi feito com o objetivo de ter um sistema simplificado e centralizado.

Então, para eliminar que os mesmos dados fossem inseridos várias vezes.

 

Receita Federal e o eSocial:

O representante do Ministério da Economia, Fábio Pina, informou que a Receita Federal ainda não ocupou a sua vaga no comitê gestor do E-Social.

E ele pediu aos deputados e associações empresariais que façam um movimento para obter explicações da Receita sobre a questão.

E foi observado que a Receita Federal quer dois sistemas de informação, não um só.

 

eSocial um ou dois sistemas?

E o deputado Alexis Fonteyne (Novo-SP), disse que é importante manter a ideia inicial do E-Social: um banco de dados único por meio do qual todos todos pudessem ter acesso às informações.

Onde fica a simplificação se os empresários terão que continuar alimentando dois sistemas?

Quer dizer que acaba um e surgem dois?

Milagre da multiplicação ???

 

Manifestação do coordenador do eSocial – João Paulo Machado

Então, o coordenador do eSocial disse que nos próximo dias serão publicadas portarias com novidades.

E uma delas será desobrigar as empresas de entregar o CAGED que reúne os dados sobre admissões e demissões no mercado de trabalho.

E também falou em desobrigar o envio de pelo menos 15 informações para programas diferentes do governo.

E Machado informou ainda que a plataforma ficará mais amigável para as empresas e empregadores domésticos.

Veja publicação no site da Câmara de Deputados – aqui

Mas, pelo desenrolar da conversa, ninguém sabe se teremos uma ou duas obrigações para transmitir!

Esperamos que haja consenso e informações para nós conseguirmos trabalhar!!!

 

Vamos ficar de olho!

 Acompanhe diariamente nosso site estamos sempre publicando novidades para vocês!

Qualquer dúvida nos chame pelo chat, aí no canto direito da página.

Cristiane Dreher Müller

Olá! Sou contadora e advogada. Sou diretora do Escritório Dreher Contabilidade e Assessoria. Sou apaixonada pelo que faço! Por essa razão resolvi escrever neste espaço.Tento descomplicar e trazer de uma forma mais leve assuntos da área tributária e trabalhista, dentro do possível, é claro...Tenho sempre uma visão prática como contadora de empresas, que compreende a realidade dos empresários.CRC-RS 56.312/OAB-RS 49.457

    Cristiane Dreher Müller has 277 posts and counting. See all posts by Cristiane Dreher Müller

    Pin It on Pinterest