Imposto de Renda Pessoa Física – 10 mandamentos do leão

Imposto de Renda – 10 mandamentos para seguir antes de encarar o leão!

Primeiro mandamento:

Eu sou o senhor todo poderoso, não tentarás me enganar.

E o que significa isso?

A Receita Federal dispõe de um enorme banco de dados com todas as informações dos contribuintes.

Receita Federal dispõe de um enorme banco de dados

Segundo mandamento:

Não esquecerás de dizer os rendimentos daqueles que de ti dependem.

E o que significa isso?

Ao declarar seus dependentes, não esqueça de informar a renda que esses dependentes possuem.

E a pensão recebida pelo dependente deve ser declarada como rendimento recebido de pessoa física.

Despesas com dependentes

Leia mais sobre os dependentes em nosso artigo – Uni, duni, tê o dependente é pra você!

Terceiro mandamento:

Não esquecerás de informar os aluguéis daqueles que tem pagam.

E o que significa isso?

A Receita Federal tem as informações de todos os aluguéis através da DIMOB – Declaração de Informações sobre atividades Imobiliárias.

E o Leão sabe quem paga e quem recebe.

E também o endereço deste imóvel!

Informação dos valores dos aluguéis, endereço do imóvel, locador e locatário

Quarto mandamento:

Recolherás o tributo devido pela venda do teu patrimônio, se houveres lucrado.

E o que significa isso?

Então, toda vez que você vende algum bem, seja imóvel ou móvel, você deve verificar se houve ganho de capital.

E o que é ganho de capital?

Então, ganho de capital é a diferença positiva entre o valor da venda, menos o valor da compra. Se deu uma diferença positiva deve ser recolhido imposto, a razão de 15% ou mais, dependendo do ganho de capital.

Valores de venda até R$ 35.000,00 por mês, estão isentos desta apuração.

Ouça entrevista em que explico sobre ganho de capital – ouça aqui

Veja notícia no site da Receita – aqui

Deve ser recolhido IR sobre o ganho de capital na venda de bens

Quinto mandamento:

Não mentirás sobre o valor de compra do teu patrimônio, pois vejo tuas notais fiscais, escrituras e movimentação no DETRAN.

E o que significa isso?

Então, a Receita Federal dispõe de muitas informações sobre o contribuinte originadas de várias declarações que são entregues.

E as pessoas em geral não sabem destas informações que são repassadas para a Receita Federal.

Por exemplo, quando vou ao tabelionato e faço uma escritura, estas informações são transmitidas para a Receita Federal através da DOI – Declaração de Operações Imobiliárias.

Este assunto é desenvolvido em nossa palestra “10 coisas que você precisa saber antes de encarar o leão” – veja

Cruzamento de dados pela Receita Federal

Sexto mandamento:

Não esquecerás de informar as obras dos seus imóveis, pois sei o que tu estás construindo.

E o que significa isso?

Então, a Receita Federal tem as informações das matrículas CEI ou agora do Cadastro Nacional de Obras (CNO).

As próprias Prefeituras informam à Receita Federal o início das obras, abrindo de ofício as matrículas, ou o Cadastro Nacional de Obras, como agora são chamados.

Sobre o CNO – Cadastro Nacional de Obras temos um capítulo específico em nosso curso – 10 coisas que você precisa saber antes de encarar o leãoveja

Reformas e construções são informadas para a Receita Federal pelo CNO – Cadastro nacional de Obras

Sétimo mandamento:

Não mentirás sobre teu dinheiro nos bancos e aplicações financeiras, lembrarás que sei de tudo que tu movimentaste no ano passado.

E o que significa isso?

Então, a Receita Federal tem a informação da movimentação das pessoas físicas e dos seus saldos.

As pessoas em geral acham que a Receita Federal tem a informação somente do saldo que aparece nos Informes de Rendimentos para o Imposto de Renda.

Mas, não!

A Receita tem a informação de toda movimentação se as operações forem maiores que R$ 2.000,00 por mês.

Essa informação é transmitida duas vezes por ano pelas instituições financeiras, consórcios, seguradoras, planos de previdência privada e outros através da eFinanceira.

Entenda um pouco mais sobre a eFinanceira,  assistindo nossa palestra online – 10 coisas que você precisa saber antes de encarar o leãoveja

Bancos, consórcios, seguradoras entregam a eFinanceira

 

Oitavo mandamento:

Não declararás tua renda menor do que tuas faturas de cartão de crédito, pois conheço teus gastos.

E o que significa isso?

Sim, a Receita Federal tem conhecimento de tudo que você movimenta em seu cartão de crédito ou débito.

As administradoras de cartão de crédito/débito são obrigadas a transmitir anualmente estas informações para a Receita Federal.

 

Receita Federal tem conhecimento da sua movimentação

Nono mandamento:

Não me enganarás com despesas médicas que não são tuas, pois tenho informação de quem foi o paciente.

E o que significa isso?

Então, sobre as despesas médicas a Receita Federal tem um grande controle que se chama DEMED.

E a DEMED é entregue pelas empresas da área de saúde e planos de saúde.

Quando é emitida uma nota fiscal, é identificado quem é o responsável pelo pagamento e quem é o beneficiário do serviço de saúde, ou seja, quem é o paciente.

Somente podem ser aproveitadas as notas de despesas médicas e de saúde quando o contribuinte é o beneficiário ou um de seus dependentes.

Décimo mandamento:

Não tentarás ser Deus fazendo milagres: terás que ter renda para honrar teus gastos.

Não existe milagre no Imposto Renda: sua renda precisa ser condizente com seus gastos

E o que significa isso?

Significa que você deve ter rendimentos suficientes para justificar a sua evolução patrimonial no ano e, além disso, justificar sua movimentação bancária e de cartão de crédito.

E lembre-se que a Receita Federal tem várias informações financeiras através da eFinanceira e a DME – Declaração de Moeda em Espécie.

E além disso, temos também as informações que são prestadas à COAF.

Empresas obrigadas como relojoarias, revenda de veículos, comércio de obras de arte, instituições financeiras, seguradoras, corretoras de valores, empresas de consultoria e assessoria prestam informações à COAF.

Assista  nossa palestra!

E para quem se interessou em conhecer melhor todas estas declarações e espécies de cruzamentos de dados, indicamos assistir nossa palestra – 10 coisas que você precisa saber antes de encarar o leãoveja aqui

Acompanhe diariamente nosso site, estamos sempre publicando novidades!

Cristiane Dreher Müller

Olá! Sou contadora e advogada. Sou diretora do Escritório Dreher Contabilidade e Assessoria. Sou apaixonada pelo que faço! Por essa razão resolvi escrever neste espaço.Tento descomplicar e trazer de uma forma mais leve assuntos da área tributária e trabalhista, dentro do possível, é claro...Tenho sempre uma visão prática como contadora de empresas, que compreende a realidade dos empresários.CRC-RS 56.312/OAB-RS 49.457

    Cristiane Dreher Müller has 229 posts and counting. See all posts by Cristiane Dreher Müller

    Pin It on Pinterest