Corretor de imóveis X Empreendimentos imobiliários em Gramado-RS

Um corretor de imóveis de Gramado ingressa na Justiça do Trabalho com reclamatória trabalhista. Porque alega vínculo de emprego com empresas de empreendimentos imobiliários.

Então, o corretor de imóveis alega que estão presentes os requisitos para configuração de uma relação empregatícia e não de um contrato civil.

Portanto, o corretor alegou que tinha que cumprir carga horária no local de vendas do empreendimento. E também que precisava cumprir metas.

Mas o Tribunal do Trabalho da 4ª Região reformou a decisão de primeiro grau. Por entender que o que havia era um contrato civil e não vínculo empregatício.

Veja a notícia completinha no site do TRT da 4ª Região – clique aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest