fbpx

Terceirização irregular – cuidado com as empresas que você contrata!

 

Muitos empresários não estão se preocupando com a terceirização irregular!

E não estão verificando os requisitos legais antes de contratar…

Cuidado com  as terceirizações e a responsabilidade solidária de quem contrata!

Então, resolvermos escrever novamente sobre este assunto!

As mudanças nas regras da terceirização ocorreram antes da Reforma Trabalhista, com a Lei 13.429 de 31/03/2017

Então, vamos lá!

As empresas não devem contratar empresas individuais, nem microempreendedores individuais (MEI) para terceirizar suas atividades!

Como assim, não posso contratar uma empresa individual? Por quê?

Então, as empresas individuais e os MEI (microempreendedores individuais)  não estão dentro do conceito de terceirização regular.

Não sendo uma terceirização regular, a empresa contratante pode responder de forma solidária pelos débitos da contratada!

Vamos para os conceitos para ficar mais fácil!

Existem dois tipos de terceirização:

a) trabalho temporário;

b) prestação de serviços a terceiros.

O trabalho temporário é aquele para atender substituição transitória de pessoal permanente ou à demanda complementar de serviço, tem regras e requisitos.

Veja e-Book – Estudo completo sobre Trabalho Temporário com novas regras Decreto 10.060 de 14/10/2019

Prestação de serviços a terceiros:

Já a prestação de serviços a terceiros é um contrato para a prestação de quaisquer serviços, seja atividade-fim ou atividade-meio.

Não há necessidade de ser transitório ou de demanda complementar.

Esta prestação de serviços a terceiros foi disciplinada pela Lei 13.429/17 trazendo requisitos para a empresa prestadora de serviços.

Tipo de pessoa jurídica obrigatório para ser prestação de serviços a terceiros:

Então, precisa ser uma pessoa jurídica de direito privado (art. 4º-A da Lei 6.019/74).

São pessoas jurídicas de direito privado:

  • as sociedades;
  • as associações;
  • as fundações;
  • as EIRELI – empresa individual de responsabilidade limitada.

Não são pessoas jurídicas de direito privado:

  • os empresários individuais;
  • os microempreendedores individuais (MEI).

Então, está aqui a resposta!

Empresa individual ou MEI não podem ser contratados para terceirização!

Capital social compatível:

Outro requisito, para que a empresa seja prestadora de serviços regular, é ter capital social compatível com o número de empregados.

Então, veja os parâmetros na tabela abaixo:

Verifique se os seus terceirizados estão atendendo os requisitos de capital social mínimo previstos na Lei n. 6.019/74.

Terceirização regular ou irregular

Então, antes desta alteração de 2017 este era um assunto muito discutido no Judiciário.

Se a terceirização era regular, se podia ou não terceirizar a atividade-fim … Várias discussões

A Lei 13.429 pôs fim a esta discussão, ou seja, a prestação de serviços pode ser da atividade-fim e da atividade-meio.

O que é atividade-fim e atividade-meio?

Então, atividade-fim são as atividades essenciais da empresa, para as quais ela se constituiu. Estão previstas no seu contrato social.

Então, corte e costura é atividade-fim de uma indústria de roupas

 

E atividade-meio são aquelas que não estão diretamente relacionadas com o fim empresarial. Por exemplo: serviços de limpeza, portaria, etc…

Serviços de portaria é uma atividade-meio de um escritório de advocacia

 

Quando não era permitida a terceirização da atividade-fim, considerava-se que era uma terceirização irregular.

E a jurisprudência firmou entendimento que havendo uma terceirização irregular, a contratante responde, de forma solidária, pelas dívidas da contratada.

Então, agora não temos mais o problema de atividade-fim e atividade-meio!

Mas, temos os requisitos que foram estabelecidos para a prestação de serviços a terceiros.

Se a empresa contratada não atende os requisitos formais de prestação de serviços a terceiros temos uma terceirização irregular.

E sendo irregular, vai prevalecer o entendimento de que a contratante irá responder de forma solidária pelos débitos da contratada.

Então, é muito importante que seja a terceirização de sua empresa seja REGULAR!

Fique esperto empresário!

Acompanhe nosso site!

Inscreva-se na nossa newsletter!

Somos um escritório de contabilidade e nossa missão é facilitar a vida do empresário!

Temos diversos serviços facilitadores, como os nossos cursos online e os serviços de implantação de software ERP nas empresas.

Junto a nossa sede temos a Omie-RS Encosta da Serra com uma solução integrada de ERP para as empresas que cumpre as obrigações fiscais e ainda auxilia na gestão administrativa e financeira do seu negócio!

Entre em contato conosco, preenchendo o formulário abaixo, que agendamos com vocês uma demonstração para conhecerem os benefícios da ferramenta!

Conhecer a Solução Integrada da Omie e seus benefícios! 

 

 

 

 

 

 

 

Cristiane Dreher Müller

Olá! Sou contadora e advogada. Sou diretora do Escritório Dreher Contabilidade e Assessoria. Sou apaixonada pelo que faço! Por essa razão resolvi escrever neste espaço.Tento descomplicar e trazer de uma forma mais leve assuntos da área tributária e trabalhista, dentro do possível, é claro...Tenho sempre uma visão prática como contadora de empresas, que compreende a realidade dos empresários.CRC-RS 56.312/OAB-RS 49.457

    Cristiane Dreher Müller has 298 posts and counting. See all posts by Cristiane Dreher Müller

    Pin It on Pinterest